O Ciclista 2

Depois do "grande sucesso" do ciclista, a Adas Produções lança um novo filme, mais emocionante do que todos os outros. Mais uma das "Super Produções Idiotas", preparem-se para grande emoção, não chore...


 
 Em Breve terá mais...
Criado Por: Allan David | Twitter: Allanadas

O Diário de Duda: Especial - Diário de Erick


Olá, meu nome é Erick, tenho 16 anos e estou namorando com a Duda, que por sinal anda muito estranha ultimamente. Ela não é mais a Duda de antes, - como era a Duda de antes? Ah! Sempre sorridente, com um brilho nos olhos, contagiava todos com o seu carisma, cheia de amigos e muito dedicada no que fazia... A Duda de agora? Chata, ignorante, parece que o mal está em seus olhos, deixa todo mundo com um baixo astral, por isso quase ninguém quer ficar perto dela, (Só o Joe, mas isso não conta, o Joe é amigo de todo mundo). Mas está um pouquinho mais sexy, usando roupas justas e coladas, e usa e abusa do decote...
O quê aconteceu com ela? Seu souber a resposta, por favor, me fale... Não sei mais o que fazer... Um tempo atrás, ao entrar na sala ela me ignorou completamente e depois mudou radicalmente de comportamento, agindo como uma... Uma... Outra pessoa (que não era a Duda de antes) me pediu desculpas e me lascou um beijo de tirar o fôlego (que a Duda de antes nem pensava em fazer)....
Então surgiram várias dúvidas, o que essa menina tem na cabeça? Por que ela está agindo assim? Eu vou descobrir, custe o que custar...
Continua...
Escrito por: Maylane | @Maylanesawako


VEJA TAMBÉM:
CAP. 6 - CAP. 5 - CAP. 4 - CAP.3 - CAP.2 - CAP.1

A Casa Monstro - Cap. 2


Quando meu irmão viu a casa, ele disse que eu realmente estava louco. Eu não estava entendendo o que estava acontecendo, pois há um momento atrás aquele lugar era muito assustador, e de repente mudou totalmente.
Eu e meu irmão fomos embora, e quando eu cheguei à minha casa eu decidi procurar respostas para aquilo. Rodei a cidade inteira, perguntei para várias pessoas, mas todos falavam que não tinha nada de errado naquele lugar. Já estava cansado de tanto andar e não ter nenhuma resposta, então decidi eu mesmo ir até a casa eu saber por que aquilo estava acontecendo. Esperei anoitecer para eu ir até lá, quando anoiteceu peguei minha mochila, e fui até lá, e quando cheguei a frente a casa, a porta se abriu sozinha, aquilo começou me assustar, mas eu queria ir até o fim, e entrei naquele lugar assustador, quando olhei lá dentro me impressionei com o tamanho, até pensei que eu poderia me perder. Comecei observar a casa por dentro e ela não parecia tão assustadora, e pensei que poderia ser um lugar tranqüilo. Mas quando eu ia embora, de repente tudo ficou diferente, apareceram umas coisas estranhas e eu estava ouvindo umas vozes assustadoras, eu saí correndo para a porta, mas não conseguia encontrar, e a cada minuto que passava, ficava mais assustador e eu não ia ficar ali parado. No momento só pensei em correr e correr, mas quanto mais eu corria maior ficava a casa, parecia um labirinto sem saída, entrei na primeira porta que apareceu na minha frente, dei de cara com um quarto todo bagunçado cheio de sangue nas paredes, ali eu não queria ficar e quando eu olhei para trás, a porta sumiu. Eu estava sozinho naquele quarto, pelo menos eu achava que estava sozinho, a única coisa que eu queria era sair logo daquele lugar, mas não tinha como, pois naquele quarto não tinha nem porta nem janelas, procurei algo que pudesse me tirar de lá...
Continua...
Escrito por: Allan David | @Allanadas

Impossível Não Te Amar


Como não amar alguém nesse mundo?
Se cada pessoa que conhecemos desperta um sentimento tão bonito, tão profundo.

Como proibir o meu coração de sentir, desejar.
Se com essa pessoa eu não paro de sonhar.

É incrível como as horas passam tão rápido ao teu lado
Eu sempre desejei que aquele momento não tivesse acabado

E quando estou longe de você, sinto uma grande solidão
Me sinto como se tivesse um buraco no meu coração

Meu coração sempre vai ao encontro do seu
Mas parece que todo aquele amor, já se perdeu

Sempre que fecho meus olhos, sinto suas mãos passando sobre meu corpo
E quando abro os olhos, me arrepio todo.

Meu maior sonho é te encontrar
E novamente poder te amar

Quero ao seu lado estar
E os seus lábios novamente poder beijar

Não tem como não sonhar…
Não tem como não desejar…
Eu sei que não tem jeito de parar de te amar!!!
Criado por: Allan David | @Allanadas

Por Ti Me Apaixonei


Porque ficas a me olhar
Assim tu me deixas a pensar
“Porque ele fica a me observar?
Será que de mim ele começou a gostar?
Muito mais que uma amiga, uma menina para namorar?”
Tu me deixas confusa com teu jeito de agir
Às vezes tu choras às vezes tu rir
E denovo tu me deixas a pensar
“Triste ele deve ficar, por não conseguir se expressar”
Mas saiba que por ti me apaixonei
E grande apreciação em ti encontrei
Faço questão de te procurar
Aonde quer que eu vá
Saiba que tu sempre estarás
Bem aqui dentro do meu coração...
Escrito Por: Maylane | @Maylanesawako

Mateus, O Escritor


Em uma pequena cidade do interior havia uma família muito pobre, eles tinham uma casinha pequena e poucas roupas, mas a família era tão unida que parecia que não havia tanta pobreza naquele lugar. A felicidade daquela família era o pequeno Mateus, um menino de 10 anos que fazia daquela família a melhor família de todas. Ele fazia de tudo cuidava dos irmãos mais novos, ajudava seus pais em casa e às vezes ia para a cidade trabalha para ganhar uma renda para a família. Para ele, diversão era fazer todas estas coisas, mas mesmo sua família sendo tão feliz e unida, Mateus sempre quis dar para sua família uma vida melhor, outro sonho de Mateus era ser um grande escritor e mostrar a sua realidade para todos. Um dia quando estava indo para a cidade, ele passou por uma loja e viu um programa onde estava havendo inscrições para uma competição de escritores, Mateus percebeu que aquela podia ser a grande chance de mudar para melhor a vida da sua família, logo depois o apresentador comentou que naquela competição só podia participar escritores profissionais, quando Mateus ouviu aquilo ele pensou que nunca ia conseguir realizar seu sonho, ele ficou tão triste que pensou em desistir do seu maior sonho. Quando Mateus chegou em casa, sua mãe percebeu que tinha algo de errado com ele, e foi falar com Mateus.
- Mateus, o que houve?
- Mãe, acho que nunca vamos conseguir mudar de vida, e eu nunca vou realizar meu sonho.
- Olha filho, eu não me importo com o jeito que nós vivemos, o importante é ter saúde e ser feliz, e você sabe que nós somos felizes, e em relação ao seu sonho, nunca desista, você tem que encarar todos os obstáculos e seguir em frente.
Aquelas palavras para Mateus eram tudo que ele precisava para ao menos tentar realizar seu sonho.
No dia seguinte ele foi para a cidade e novamente passou em frente à loja, e desta vez o apresentador falou: “Este ano iremos abrir vagas para escritores amadores”.  Aquela notícia alegou ainda mais Mateus, ele à emissora do programa e se inscreveu na competição, depois que se inscreveu Mateus foi correndo para casa, e começou escrever sua história, ele falou de tudo o que ele passou desde quando ele nasceu. No dia da competição Mateus surpreendeu a todos com sua história, mas por ele ser amador não podia ganhar o prêmio, mesmo assim Mateus ficou muito feliz, pois ele tinha realizado seu grande sonho. Quando Mateus estava indo embora, o dono da maior editora daquela cidade fez uma proposta para Mateus de vender sua história para virar um livro, ele não pensou duas vezes e vendeu a história. O livro de Mateus foi o mais vendido de todos os tempos, e Mateus conseguiu realizar seus dois grandes sonhos, conseguiu mudar a vida de sua família, e com apenas 10 anos se tornou o maior escritor de todos os tempos.

Escrito Por: Allan David

O Diário de Duda - Os Planos Contra Joe - Cap. 6


Quando me despedi, e fui embora, Erick e Joe ficaram conversando, deu para mim escutar um pouco da conversa, que foi mais ou menos assim:
- Cara, mas o que foi que deu nessa menina? – Perguntou Erick totalmente confuso
- Você está falando do beijo ou da forma em que ela vem agindo?
- Ambos! Primeiro ela me dá uma patada que doeu lá no fundo do peito e depois age como uma garota arrependida, me tratando com palavras carinhosas e um beijo de tirar o fôlego.
Confesso que aquela conversa me deu esperança naquele momento. Mas quando fui parar para refletir, percebi que cada dia que se passava, eu estava ficando muito malvada cheia de tramas e desafios, quase pensei em desistir dos meus planos, pois sabia que uma hora ou outra aquilo iria acabar dando errado. para mim. Mas logo tirei aqueles pensamentos da minha cabeça, pois eu precisava dos planos para conseguir tudo o que eu queria. E lá vai eu pensar qual seria o próximo plano “Continuar passando ciúmes no Joe” será que pelo menos o Joe iria sentir ciúmes de mim, não custava nada tentar. Eu agi de várias formas, briguei com o Erick, dei umas patadas nele, depois agi como se nada tivesse acontecido, e agora? O que faço? Hum, já sei! Vou bem linda para a escola e vou passar o tempo inteiro atrás do Erick, para ver se o Joe sente um pouco de ciúmes, mas é mais fácil o Joe sentir ciúmes do Erick do que de mim. Naquele momento ninguém queria estar na minha pele, é muito difícil amar alguém que nem olha para você, aí pensei, até quando vou poder suportar isso tudo? De um jeito ou de outro eu queria ter o Joe para mim, já estava mais do que na hora de colocar meus planos em ação...


VEJA TAMBÉM:

Para Sempre em Meu Coração

É tão difícil ver você, e não poder me expressar
Só de pensar em você, já perco as palavras que deveria usar
É tão difícil estar com você todos os dias, e nada para falar
Sabendo que gosta de mim, e com isso não saber lidar
É tão difícil conviver com você
Sem saber a maneira de fazer você entender
Queria apenas uma dica, opinião ou sugestão
Para que enfim eu consiga de vez um lugar em seu coração
Meus já me falaram para me declarar
Mas tenho tanto medo de você me ignorar
Não sei se posso mais esperar
Faz tanto tempo que me sinto assim, que não consigo nem pensar
Percebi que isso só tem uma solução
Encarar de vez esta situação
Seja qual for a resposta: SIM ou NÃO
Você estará para sempre no meu coração!

Parabéns por assinar nosso FEED, continue acompanhado nossas histórias!

O Gato

O gato lá no muro está olhando para mim, com seus olhos verdes e brilhantes, e bem na ponta de sua cauda tem um lacinho, ele mia tão serenamente, como se quisesse algo de mim...
Ele parece estar com muita fome, talvez queria um pouco de leite.
-Chaninho, chaninho, vem tomar um pouco de leitinho, você parece estar com muita fome!- Parecia até que não estava me escutando, ele só ficava me encarando, com os seus olhos bem arregalados, pensei comigo mesma "Ele deve estar me achando com cara de peixe"
Então, ele saltou do muro, pulou dentro da lata de lixo, pegou um osso e saiu à caminhar, pela rua bem devagar...
 Escrito Por: Maylane

O Diário de Duda - Passando Ciúmes em Joe - Cap. 5


Mas o Joe não deu a mínima pra mim, ele foi dar toda a atenção dele para o Erick. Então abaixei a minha cabeça para pensar... Pensei, pensei e pensei mais ainda e BINGO, um novo plano já estava fluindo pela minha mente "Já que o Joe se preocupava tanto com o Erick, passava tanto tempo com ele... O que eu tinha que fazer era bem simples, era só pedir desculpas para o Erick na frente do Joe, e depois começar a passar ciúmes nele".
Se isto ia dar certo ou não, eu não sabia, mas não custava nada tentar, quem não arrisca não petisca, aquela era a minha chance de botar o meu plano em ação... Quando me levantei para ir até eles, o professor inventou de entrar na sala, justo naquele momento... Arrrrg!
Tive que esperar... Finalmente a hora chegou, a aula tinha terminado e os dois estavam conversando lá fora (durante a aula, o Erick não tinha nem olhado pra mim, mas eu não estava nem me importando com isso...) fui até eles e comecei à colocar o meu plano em prática:
- Erick...- Eu falei na maior cara de pau, entrei bem no meio dos dois, e fiquei mexendo na roupa do Erick, então ele me respondeu:
- O que foi?
- Sabe, é... Eu estou arrependida de ter te tratado daquele jeito...
- Hum...
- É sério, é que eu estou na... Na TPM, sabe? - Então o Joe começou a se intrometer no assunto:
- Parece que você anda com TPM todo dia. - Ele começou a rir de um jeito bem, mas bem bizarro, e o Erick o acompanhou, então eu me virei para o Joe e disse:
- Sabe Joe, eu acho que eu não estou falando com você... - Os dois se calaram na hora, mas eu não sei aonde que estava com a cabeça, tratá-lo assim fez com que eu me sentisse mal e eu disse:
- Foi mal Joe, mas eu estou tentando me desculpar com o meu namorado aqui... - Ele balançou a cabeça positivamente e eu continuei a conversar com o Erick:
- Meu amor, você me perdoa? - "Amor?" eu nunca tinha chamado ele de MEU AMOR, ele estranhou, mas respondeu?
- Claro que eu te perdou, querida... - Hum... Isto não estava certo, ele também nunca tinha me chamado de QUERIDA, acho que já estava na hora de eu me retirar:
- Bom, já que você me perdoou, eu já vou indo... - Eu dei um beijo bem dado, daqueles cinematográficos no Erick e ele correspondeu, acho que aquele foi o melhor beijo que já senti, mas na minha mente, quem eu realmente estava beijando era o Joe...

VEJA TAMBÉM:

A Casa Monstro - Cap. 1


Depois de tanto mudar de cidade, finalmente minha família encontrou um lugar que iríamos morar de verdade, eu já não aguentava mais, de tanto me mudar eu não tinha amigos e ninguém para conversar além do meu irmão mais velho, eu estava tão feliz, pois depois de tanto tempo eu iria poder ter amigos de verdade.
Quando chegamos na nova casa, notei que tinha algo estranho naquele lugar, a rua estava deserta, todas as casas estavam com as janelas e as portas fechadas, achei aquilo muito estranho, mas não era motivo para me preocupar. Depois de uma semana no novo endereço comecei a me preocupar, ainda não tinha visto ninguém naquela rua, pensei comigo mesmo: "Será que não mora ninguém por aqui". Mesmo achando que não morava ninguém naquela rua, decidi procurar saber o porquê daquilo. Então peguei minha bicicleta eu saí em busca de respostas, logo que passei da cerca da minha casa notei um detalhe muito esquisito, a rua não tinha nome, aquilo começou a me assustar, "como uma rua não tem nome?". Fui procurar mais respostas, e quando cheguei no final da rua, dei de cara com uma casa muito assustadora, era uma casa grande, com um jardim muito estranho, as janelas estavam quebradas, as portas abertas e o que mais me chamava atenção era uns barulho estranho que vinha daquela casa, quando tentei me aproximar da casa, algo me puxou para dentro da casa, eu me livrei daquela coisa, eu olhei para os lados, mas não vi ninguém, fiquei com muito medo e saí correndo para casa.
Quando cheguei em casa meu irmão me viu assustado e perguntou o que tinha acontecido, eu respondi: "Não vai acreditar o que aconteceu, eu fui até o final da rua e encontrei uma casa muito estranha, eu acho que ela é assombrada". Meu irmão começou a dar risadas e falou que eu estava ficando louco, então eu falei para ele ir lá ver pessoalmente a casa, ele me disse que ia me provar que eu estava mesmo louco. Novamente eu fui à casa, mas desta vez com meu irmão, e quando chegamos lá, a casa estava totalmente diferente...
Continua...
Escrito Por: Allan David

Acabou


Não me sinto mal por não estar com você
Eu te abandonei e você sabe o porque
No começo estava tudo bem
Mas agora tudo se acabou
Se eu me arrependi? Não!
A verdade é que você nunca me amou
E eu acreditava que poderia estar com você pra sempre
Mas pelo jeito não foi bem assim.
Eu abandonei quase tudo por você
Mas não era ao meu lado que você queria estar
Depois de muito tempo percebi que não valia apena
Foi aí que você percebeu o que eu realmente queria,
Mas decidi sair de cena, já era tarde demais pra você,
Não te amo mais, meu coração se quebrou, meu amor por você acabou e não sinto nem saudade...
Adeus por que você já vai tarde!
By: AD

O Diário de Duda - Tramando Contra Joe - Cap. 4


Tentei fazer de tudo para que a minha trama fosse perfeita, mas só tinha um problema: eu não conseguia parar pensar no Joe, naquele doce sorriso, aqueles olhos... Aquilo já estava acabando comigo.
Até pensei que ser muito amiga do Joe já seria o suficiente para poder conquistá-lo, mas cada vez que o via, o meu coração disparava, faltava sair pela boca, o desejo de querer aquele doce garoto era bem mais forte do que eu. Daí pra frente comecei a pensar que se eu me afastasse dele, ele sentiria minha falta... Tentei fazer isso mesmo, mas só de pensar em me afastar dele pelo menos por um dia, me dava um aperto no coração e dava muita vontade de chorar, o que sentia pelo Joe era mais do que amor, já estava virando obscessão, mas provei como seria me afastar dele...
Acordei bastante indisposta, mas fui mesmo assim para o colégio. Passei do lado do Joe, abaixei a cabeça meio nervosa, ele apenas me olhou, estranho o meu desanimo e disse "Oi amiga" eu não aguentei, me segurei o máximno possível, mas eu respondi "oi" e dei um sorriso meio que envergonhada, ele devolveu o sorriso e perguntou pelo o Erick, então eu respondi:
- Não faço idéia de onde esteja esse ser...
- Nossa! Que mau humor o seu!
- Que seja.
Joe foi na minha sala, para ver se o Erick estava lá, chegando lá, Erick me viu entrando e veio me dar um beijo, eu desviei, me virei, dando as costas e fui pra o meu canto, sem dizer ao menos OI...
A reação do Joe ao ver esta cena foi bem estranha, ele nunca tinha me visto tratar o Erick assim, parecia até que já tinha percebido alguma coisa, confesso que gostei muito da reação dele, pensei até que meu plano tinha dado certo, mas não. Eu teria que esperar bastante tempo pra conseguir algo.
Cada dia que passava, eu ficava mais grosseira com o Erick, a maldade, o desejo e o egoísmo estavam tomando conta de mim, eu estava definitivamente perdendo o controle...




VEJA TAMBÉM:

A Realidade é Que...

Não posso fingir que de você eu gosto,
Sinto muito, ainda não sei controlar meus sentimentos,
Por que meu coração está apaixonado por ele mesmo.
E não posso dizer que
por não querer me aproximar você vai estar só... Não pense assim.
Quero que saiba, eu não penso em você...
Por favor, me esqueça, não se iluda comigo...
Siga a sua vida, sem pensar em mim...
Hein? Mas o quê estou dizendo???
A verdade é que não consigo fingir que não gosto de você,
Meu coração está apaixonado por ti,
e não posso negar que te amo, se aproxime mais de mim, porque não quero ficar sem você!
Quero que saiba que só penso em você... Então, por favor, não me esqueça, fique aqui comigo, siga sua vida ao meu lado... Só ao meu lado... Por quê eu te amo e quero estar contigo, para todo o sempre...

Autora: Maylane

O Diário de Duda - A Verdade Sobre Joe - Cap. 3


- Se divertir? - Perguntei meio confusa.
- Ei, não me leve à mal! Não tenho interesse algum em você...
- Ham? Por quê? - Não era aquilo que eu queria ouvir, naquele instante, eu queria chorar, então ele me olhou com espanto e me respondeu:
- É-é-é-é que e-e-eu, eu so-so-sou...
 Aquilo tava me irritando ele estava enrolando demais, então ele respirou fundo, e disse de uma vez:
- É que eu sou gay! Pronto falei! - Sinceramente, não acreditei, ele era lindo demais para ser gay... Oh! O mundo é tão cruel.
- O quê!? Não. Jura?
- Ei, dá pra falar baixo? É que, tipo assim, eu ainda não "sai do armário" como diz o povo... Por favor, me promente uma coisa?
- O quê?
- Promete que não vai contar pra ninguém!?
Eu me senti tão importante, por guardar um segredo dele e ao mesmo tempo confusa me perguntando por quê ele contaria esse segredo tão delicado pra mim... Então respondi:
- Tudo bem, pode ficar tranquilo, a minha boca é um "túmulo"!
Naquele instante, eu queria sumir, cavar um buraco e enviar minha cabeça lá dentro, o Joe começou a falar de um jeito diferente, um jeito "menina" de conversar, e, em pouco tempo já éramos amigos, ou seria "amigas"?
Mas, quanto mais a gente conversava, mais eu me apaixonava por ele... Ah! Aquele sorriso... Infelizmente a conversa acabou com a chegada do Erick, ele me deu um "Oi" e um beijo bem sem graça, e foi logo puxando assunto com o Joe. Logo o Joe estava falando como menino...
Eu fiquei ali parada, só escutando... Mas a conversa deles estava muito entediante, então me despedi do Joe, e entrei pra sala.
Eu estava pensando comigo mesma "O Joe tem que ser meu, tenho que fazer ele virar homem, mas como? Como eu fasso isso? Tenho que elaborar uns planos, mas, com calma, num lugar bem tranquilo, tem que ser nos mínimos detalhes..." Eu não estava mais nem aí pro Erick, naquele instante eu só queria saber do Joe, era só ele que me interessava, na minha cabeça, parecia que só o Joe me faria feliz... Não via a hora de chegar em casa, e começar toda a minha trama...

VEJA TAMBÉM:
CAP.2 - CAP.1

Dia-a-Dia de Bob'os - 2º Dia

Terça-feira 21 de Setembro de 2010

Hoje foi dia maravilhoso para mim e todos meus amigos, pois hoje eu levei meus amigos para um campeonato de Matemática, sem que eles soubessem, ainda bem que eles não fizeram feio. Arrasamos nesse campeonato, e adivinhem, ganhamos o campeonato. Mas tudo foi apenas uma surpresa para meu melhor amigo que faz aniversário hoje. Como a Matemática é tudo para ele, eu e outros amigos decidimos fazer um campeonato falso para nós ganharmos, é claro, meu amigo ficou tão feliz que eu não tive coragem de contar para ele que era de mentirinha, mas deixa isso pra lá, ele não precisa saber, rsrsrsrs.

Agora só tem uma coisa que não está legal, como eu sou um cara tímido muito tímido, tem uma menina que estuda comigo e gosto dela, mais não tenho coragem de falar para ela que vergonha para mim, fiz até um poema para ela (Em breve aqui na Adas Produções), desde a 5ª Série que eu sou afim dela, arrrggg queria não ser tão medroso assim, o medo é um dos defeitos que eu tenho que eu mais odeio, ele me impede de fazer muitas coisas. E como eu sei que a blogosfera só tem pessoas de bom caráter, gostaria que vocês me desse uma idéia do que eu falo para ela, e assim ter mais coisas boas para o terceiro capítulo.
Ajudem!
Escrito Por: Allan David.

"Como Tomar um Banho"

Mais um da série "Super Produções Idiotas". Este é um tutorial de como tomar um banho, para pessoas que são diariamente chamados de gatinha ou gatinho e também para aqueles que se considera um Gato(a). Enjoy!



Deêm suas opniões para as próximas produções... Não esqueçam.

O Diário de Duda - Conhecendo Joe - Cap. 2


Se é amor ou não, eu não sei, só sei que estava ansiosa para o sino bater, e olhar denovo para aquele menino. Finalmente os meus desejos foram atendidos, saí da sala, mas não o encontrei, infelizmente a sala dele já tinha ido embora.
Fiz o que pude, fui paciente esperei chegar o momento certo, para que eu pudesse olhar nos olhos dele, seria então o momento certo para descobrir se foi mesmo... Amor... Confesso que não acreditava em amor a primeira vista, acho que não sabia nem o que era amor, acredito que errar é humano, foi um erro meu não ter acreditado no amor... Mas agora acredito com toda certeza, por que é errando que se aprende, né?
Finalmente esse dia chegou, acordei cedo, me arrumei e fiquei bem bonita, na esperança de que quando eu chegasse na escola, ele iria olhar pra mim, mas ele nem se quer olhou pra mim, porém não desisti fácil, assim que Erick chegou (ah! esqueci de mencionar que Erick e eu não ia-mos para a escola juntos, por motivos pessoais), fui falar com ele, pensei bem, que através de Erick poderia conhecer aquele menino, já que Erick era tão popular (Acho que ele conhecia todo mundo naquele colégio)... E não é que eu me dei bem, e pensei comigo mesma "Agora olharei nos olhos dele e enfim descubrirei o que realmente sinto", dito e certo, Erick pegou na minha mão e disse:
- Vem comigo!
Eu perguntei aonde iamos, mas ele ficou calado, de repente demos de cara com o menino, fiquei toda sem jeito, fiquei tão sem jeito que não conseguia falar nada, ele mesmo me cumprimentou, me deu um "bom dia!" e começou a puxar assunto com Erick. Ah! eu deixei eles de lado, e fui para casa pensar mais um pouco.
No dia seguinte fui para escola pensativa, ao chegar na porta da minha sala, alguém veio por trás de mim, tampou os meus olhos para que eu adivinhasse quem era, a primeira pessoa que veio na minha mente foi o Erick, então eu disse:
- Erick?
Mas uma voz suave, sussurrou no meu ouvido:
- Não...
Senti um arrepio e o empurrei, olhei para trás e vi que era aquele menino por quem tinha me apaixonado, então perguntei pra ele:
- Como é que você queria que eu adivinhasse, se eu nem se quer sei o seu nome? - Então ele deu uma risada e respondeu:
- Eu só estava querendo me diverti... Me desculpe... Meu nome é Joe.


VEJA TAMBÉM:
 CAP.1

Dia-a-Dia de Bob'os - New

Olá! Meu nome é Robson, mas todos me chamam de Bob'os (Aliás não sei o porque do "os"). Vocês irão saber mais um pouco do meu dia-a-dia a partir de hoje...

Bom, todos os dias eu tenho que acordar 6:10 da manhã, para ir para escola. Odeio escola acordar cedo! Tenho uma irmã de 14 anos (é ela o motivo de acordar cedo, não sei porque mulher demora tanto para se arrumar), minha escola é apenas uma quadra da minha casa, mas mesmo assim chego quase todo dia atrasado (esqueci de mencionar que eu tenho 16 anos e faço o 2ª do Ensino Médio). Sou um dos melhor alunos da escola mentira!, e sou também muito popular mentira denovo! Isto é um pouco sobre mim.

Agora vamos ao meu dia de hoje.

Terça-feira 14 de Setembro de 2010
Hoje aconteceu algo inexplicável, faltando 15 minutos para 7 horas da manhã, minha irmã já estava pronta pra irmos para escola, eu não entendi o porque isso aconteceu, mas eu gostei dela ter feito isso. Mas mesmo assim fui para escola de mau humor, porque as duas primeiras aulas eram de Espanhol (Eu odeio espanhol), mas fazer o quê, né? Tive que aguentar! Quando entrei na minha sala de aula recebi uma notícia maravilhosa, o professor de Espanhol não foi para escola, meu dia já tinha começado bom (menos duas aulas para mim), depois das duas aulas de Espanhol era duas de Ed. Física, e eu não tinha levado umas imagens para um trabalho que era para entregar hoje, e adivinhem o que aconteceu? O professor de Ed. Física também faltou!
Não sei o que estava acontecendo com os professores hoje, mas eu gostei! Então tive apenas uma aula de Matématica (Nessa matéria eu sou o melhor da turma) e de Geografia. Minha turma ia sair da escola 8:40hs, mas eu não fui embora, uns amigos meu do 9° Ano pediu para que eu os ajudasse à passar uns avisos nas outras quinze turmas da escola, então fui com eles dar os avisos, quando terminamos já estava para começar a terceira aula e eu tinha que ir embora, mas não queria ir porque eu amo a escola ← Isso é verdade! Então fui para sala da minha irmã e ela estava tendo aula de Inglês, pedi para professora deixar eu assistir aula lá, ela deixou eu ficar, pois sou ótimo em English. Aí eu fui ensinar umas amigas da minha irmã a cantar uma música em inglês, depois disso chegou uma menina em mim querendo que eu ensinasse a matéria de inglês para ela (saquei na hora que ela estava querendo outra coisa de mim), mas não me importei e fui ensiná-la, depois de alguns minutos o coordenador da escola chegou lá na sala e falou para eu ir embora que eu estava atrapalhando a aula, mas a professora falou que eu não estava, e as meninas falaram para eu ficar para ensiná-las, aí o coordenador falou pra eu ir embora porque as meninas estavam muito assanhadas, e falou que se elas quisessem aulas, para ir na minha casa mais tarde "adorei a ideia". Tive que ir embora, chegue em casa não tinha nada para fazer fui assistir Tv, adoro Zack e Cold, mais tarde fui para aula de música é só para distrair. Quando voltei para casa, fui navegar na net, comer algo, durmir, e assistir denovo. E assim terminou meu dia... Espero que tenha gostado.
Tchau! Até a próxima... Promete que vai voltar? Vou aguardar sua visita aqui denovo.

Dia-a-dia de Bob'os é uma super produção de:
Adas Produções

Criado por:
Adas Produções

Elenco:
Bob'os - Allan David

Dirigido por:
Adas Prodcuções  

Co-Produtor:
Adas Produções

Arte e Design:
Adas Prodcuções

Patrocínio:
A das Produções
Big-big o big que é big
Cola com Coca: ou bebe ou cola
Catchup de Pepino - Sempre inovando

Agradecimentos:
Eu
Tu
Ele/Ela
Nós
Vós
Eles / Elas

O Diário de Duda - Se Apaixonando Por Joe - Cap. 1



Meu querido diário, meu companheiro de todas as horas, sei que faz muito tempo que não escrevo em você, mas preciso desabafar, contar algo que comigo aconteceu há algum tempo, algo que eu não consigo esquecer... Então lá vai! Tenho um namorado lindo, mas estou apaixonada pelo primo dele que se chama Joe, ele tem cabelos ruivos, olhos verdes, a pele dele é tão macia, brilhante... Mas infelizmente ele é gay, isso mesmo GAY, e os lances com ele não deram muito certo... Bem, mas vou te contar a história lá do começo para que você entenda...
            Era o terceiro dia de aula, tinha eu 15 anos quando o avistei, ele estudava na sala em frente à minha, estava parado à porta me encarando, quando eu resolvi ir falar com ele, (sei que esse meu jeito atirada muitas vezes me complica) o meu namorado Erick chegou e me deu um beijo e um “Bom dia!”, então entrei pra sala sem olhar pra trás. Porém eu não conseguia me concentrar na aula, não parava de pensar naquele menino, estava louca para saber o nome dele... Então o Erick me perguntou:
            - Ei, o que você tem? Tá tão calada e pensativa... Por acaso eu fiz alguma coisa?
            - Não é nada não... É que eu... Esquece tá bom! Faz aí a sua tarefa.
Eu não quis falar nada, entende? Erick e eu éramos amigos de infância e começamos a namorar quando fazíamos o 8º ano, e eu ainda não tinha certeza do que eu estava sentindo naquele momento, é que aquele menino não saia da minha cabeça, eu nunca tinha sentido tal sentimento por outro menino na minha vida... Isso seria então “amor à primeira vista”? 
Continua.... 
Escrito Por: Maylane

Meu primeiro AMOR


Nada como um beijo doce
Ainda me lembro como se fosse hoje
Era uma noite de quinta
O dia em que beijei a menina mais bonita
Eramos apenas crianças
Mas quando penso naquele momento, tento voltar à minha infância
Seus lindo olhos claros
Olhando para meus lábios calados
Ela tinha lindos cabelos loiros
E uma beleza que me deixava louco
Eu era timido e ela também
Estava querendo fazer algo e ela também
Eu ainda nem tinha beijado ela
Mas já imaginava como seria viver ao lado dela
Depois de muito tempo parado
Decidi beijar seus lábios
Nesse exato momento meu mundo se transformava
Era por aquela menina que meu coração se apaixonava
Passamos muito tempo de felicidade
Mas eu fiz coisas erradas
E tudo se foi, ela não queria minha amizade
Eu amava muito ela
E queria muito viver ao lado dela
Comigo ela parou de falar
E para longe de minha casa ela teve que se mudar
Passado muitos anos ela volta
E meus sentimentos por ela se renova
Ela voltou a ser o que era quando nos conhecemos
E lembrei de tudo o que juntos vivemos
Hoje tenho medo de falar o que sinto
Na verdade estou preso em um amor infinito
Mas acretido que podemos voltar
Basta meu amor por ela eu declarar
E tudo voltará a ser como deveria até hoje estar...

Autor: Allan David

"O Ciclista"

Hoje dia 1 de Setembro, a Adas Produções lança sua primeira "Super produção idiota", a primeira de muitas produções realizadas pela Adas Produções... É um super vídeo que conta uma triste história de um ciclista. Enjoy!




Comentem sobre o vídeo... E espere por mais... Em breve terá mais!

Temos que parar de jogar Café Mania!

Para quem tem o café mania (Aplicativo do Orkut) já deve ter visto que tem um prato muito interessante, que são as batatas sorridentes. Há alguns dias atrás eu estava ajudando minha irmã na cozinha, e na falta de coisas para fazer, decidi inovar, fiz uma super produção... A tal das batatas sorridentes.

Batatas Sorridentes

Depende de Você

Agora nosso futuro depende só de você
Depende das suas escolhas, e o que você vai querer
Espero que você saiba o que está fazendo...
E se vai querer essa vida que está vivendo
Você sabe que ainda gosto de você
Mas fico meio sem jeito de te dizer
Quero que saiba que nosso amor não morreu
O meu amor se renovou e agora só falta o seu
Eu estou pronto para ter você de volta 
Segura em minhas mãos e jamais solte-às
Eu esperei muito tempo para te falar
E estou aqui para te lembrar
Superei meu medo e vou te avisar
Eu te amo muito e só sei te querer
Mas para tudo dar certo só depende de você!

Autor: Allan David 

Olá, Mundo!

Como eu gosto de criar coisas novas a cada dia, decidi criar uma "Empresa" pra mim chamada "ADAS Produções (A.D.A.S. são as iniciais do meu nome, Allan David de Abreu Silva)" é aqui onde eu vou demonstrar todos meu trabalhos. Meus trabalhos são simples, mas vale apena conferir... Você poderá ver aqui uns poemas de minha autoria, e algumas histórias de comédia, pois eu gosto muito de comédia... Mas enfim, este blog é só para divulgar meus trabalhos.
Então, Enjoy!



PESQUISA

Carregando...

Seguidores

Vale a pena o Click!

Tecnologia do Blogger.