O Diário de Duda - Tramando Contra Joe - Cap. 4


Tentei fazer de tudo para que a minha trama fosse perfeita, mas só tinha um problema: eu não conseguia parar pensar no Joe, naquele doce sorriso, aqueles olhos... Aquilo já estava acabando comigo.
Até pensei que ser muito amiga do Joe já seria o suficiente para poder conquistá-lo, mas cada vez que o via, o meu coração disparava, faltava sair pela boca, o desejo de querer aquele doce garoto era bem mais forte do que eu. Daí pra frente comecei a pensar que se eu me afastasse dele, ele sentiria minha falta... Tentei fazer isso mesmo, mas só de pensar em me afastar dele pelo menos por um dia, me dava um aperto no coração e dava muita vontade de chorar, o que sentia pelo Joe era mais do que amor, já estava virando obscessão, mas provei como seria me afastar dele...
Acordei bastante indisposta, mas fui mesmo assim para o colégio. Passei do lado do Joe, abaixei a cabeça meio nervosa, ele apenas me olhou, estranho o meu desanimo e disse "Oi amiga" eu não aguentei, me segurei o máximno possível, mas eu respondi "oi" e dei um sorriso meio que envergonhada, ele devolveu o sorriso e perguntou pelo o Erick, então eu respondi:
- Não faço idéia de onde esteja esse ser...
- Nossa! Que mau humor o seu!
- Que seja.
Joe foi na minha sala, para ver se o Erick estava lá, chegando lá, Erick me viu entrando e veio me dar um beijo, eu desviei, me virei, dando as costas e fui pra o meu canto, sem dizer ao menos OI...
A reação do Joe ao ver esta cena foi bem estranha, ele nunca tinha me visto tratar o Erick assim, parecia até que já tinha percebido alguma coisa, confesso que gostei muito da reação dele, pensei até que meu plano tinha dado certo, mas não. Eu teria que esperar bastante tempo pra conseguir algo.
Cada dia que passava, eu ficava mais grosseira com o Erick, a maldade, o desejo e o egoísmo estavam tomando conta de mim, eu estava definitivamente perdendo o controle...




VEJA TAMBÉM:

A Realidade é Que...

Não posso fingir que de você eu gosto,
Sinto muito, ainda não sei controlar meus sentimentos,
Por que meu coração está apaixonado por ele mesmo.
E não posso dizer que
por não querer me aproximar você vai estar só... Não pense assim.
Quero que saiba, eu não penso em você...
Por favor, me esqueça, não se iluda comigo...
Siga a sua vida, sem pensar em mim...
Hein? Mas o quê estou dizendo???
A verdade é que não consigo fingir que não gosto de você,
Meu coração está apaixonado por ti,
e não posso negar que te amo, se aproxime mais de mim, porque não quero ficar sem você!
Quero que saiba que só penso em você... Então, por favor, não me esqueça, fique aqui comigo, siga sua vida ao meu lado... Só ao meu lado... Por quê eu te amo e quero estar contigo, para todo o sempre...

Autora: Maylane

O Diário de Duda - A Verdade Sobre Joe - Cap. 3


- Se divertir? - Perguntei meio confusa.
- Ei, não me leve à mal! Não tenho interesse algum em você...
- Ham? Por quê? - Não era aquilo que eu queria ouvir, naquele instante, eu queria chorar, então ele me olhou com espanto e me respondeu:
- É-é-é-é que e-e-eu, eu so-so-sou...
 Aquilo tava me irritando ele estava enrolando demais, então ele respirou fundo, e disse de uma vez:
- É que eu sou gay! Pronto falei! - Sinceramente, não acreditei, ele era lindo demais para ser gay... Oh! O mundo é tão cruel.
- O quê!? Não. Jura?
- Ei, dá pra falar baixo? É que, tipo assim, eu ainda não "sai do armário" como diz o povo... Por favor, me promente uma coisa?
- O quê?
- Promete que não vai contar pra ninguém!?
Eu me senti tão importante, por guardar um segredo dele e ao mesmo tempo confusa me perguntando por quê ele contaria esse segredo tão delicado pra mim... Então respondi:
- Tudo bem, pode ficar tranquilo, a minha boca é um "túmulo"!
Naquele instante, eu queria sumir, cavar um buraco e enviar minha cabeça lá dentro, o Joe começou a falar de um jeito diferente, um jeito "menina" de conversar, e, em pouco tempo já éramos amigos, ou seria "amigas"?
Mas, quanto mais a gente conversava, mais eu me apaixonava por ele... Ah! Aquele sorriso... Infelizmente a conversa acabou com a chegada do Erick, ele me deu um "Oi" e um beijo bem sem graça, e foi logo puxando assunto com o Joe. Logo o Joe estava falando como menino...
Eu fiquei ali parada, só escutando... Mas a conversa deles estava muito entediante, então me despedi do Joe, e entrei pra sala.
Eu estava pensando comigo mesma "O Joe tem que ser meu, tenho que fazer ele virar homem, mas como? Como eu fasso isso? Tenho que elaborar uns planos, mas, com calma, num lugar bem tranquilo, tem que ser nos mínimos detalhes..." Eu não estava mais nem aí pro Erick, naquele instante eu só queria saber do Joe, era só ele que me interessava, na minha cabeça, parecia que só o Joe me faria feliz... Não via a hora de chegar em casa, e começar toda a minha trama...

VEJA TAMBÉM:
CAP.2 - CAP.1

Dia-a-Dia de Bob'os - 2º Dia

Terça-feira 21 de Setembro de 2010

Hoje foi dia maravilhoso para mim e todos meus amigos, pois hoje eu levei meus amigos para um campeonato de Matemática, sem que eles soubessem, ainda bem que eles não fizeram feio. Arrasamos nesse campeonato, e adivinhem, ganhamos o campeonato. Mas tudo foi apenas uma surpresa para meu melhor amigo que faz aniversário hoje. Como a Matemática é tudo para ele, eu e outros amigos decidimos fazer um campeonato falso para nós ganharmos, é claro, meu amigo ficou tão feliz que eu não tive coragem de contar para ele que era de mentirinha, mas deixa isso pra lá, ele não precisa saber, rsrsrsrs.

Agora só tem uma coisa que não está legal, como eu sou um cara tímido muito tímido, tem uma menina que estuda comigo e gosto dela, mais não tenho coragem de falar para ela que vergonha para mim, fiz até um poema para ela (Em breve aqui na Adas Produções), desde a 5ª Série que eu sou afim dela, arrrggg queria não ser tão medroso assim, o medo é um dos defeitos que eu tenho que eu mais odeio, ele me impede de fazer muitas coisas. E como eu sei que a blogosfera só tem pessoas de bom caráter, gostaria que vocês me desse uma idéia do que eu falo para ela, e assim ter mais coisas boas para o terceiro capítulo.
Ajudem!
Escrito Por: Allan David.

"Como Tomar um Banho"

Mais um da série "Super Produções Idiotas". Este é um tutorial de como tomar um banho, para pessoas que são diariamente chamados de gatinha ou gatinho e também para aqueles que se considera um Gato(a). Enjoy!



Deêm suas opniões para as próximas produções... Não esqueçam.

O Diário de Duda - Conhecendo Joe - Cap. 2


Se é amor ou não, eu não sei, só sei que estava ansiosa para o sino bater, e olhar denovo para aquele menino. Finalmente os meus desejos foram atendidos, saí da sala, mas não o encontrei, infelizmente a sala dele já tinha ido embora.
Fiz o que pude, fui paciente esperei chegar o momento certo, para que eu pudesse olhar nos olhos dele, seria então o momento certo para descobrir se foi mesmo... Amor... Confesso que não acreditava em amor a primeira vista, acho que não sabia nem o que era amor, acredito que errar é humano, foi um erro meu não ter acreditado no amor... Mas agora acredito com toda certeza, por que é errando que se aprende, né?
Finalmente esse dia chegou, acordei cedo, me arrumei e fiquei bem bonita, na esperança de que quando eu chegasse na escola, ele iria olhar pra mim, mas ele nem se quer olhou pra mim, porém não desisti fácil, assim que Erick chegou (ah! esqueci de mencionar que Erick e eu não ia-mos para a escola juntos, por motivos pessoais), fui falar com ele, pensei bem, que através de Erick poderia conhecer aquele menino, já que Erick era tão popular (Acho que ele conhecia todo mundo naquele colégio)... E não é que eu me dei bem, e pensei comigo mesma "Agora olharei nos olhos dele e enfim descubrirei o que realmente sinto", dito e certo, Erick pegou na minha mão e disse:
- Vem comigo!
Eu perguntei aonde iamos, mas ele ficou calado, de repente demos de cara com o menino, fiquei toda sem jeito, fiquei tão sem jeito que não conseguia falar nada, ele mesmo me cumprimentou, me deu um "bom dia!" e começou a puxar assunto com Erick. Ah! eu deixei eles de lado, e fui para casa pensar mais um pouco.
No dia seguinte fui para escola pensativa, ao chegar na porta da minha sala, alguém veio por trás de mim, tampou os meus olhos para que eu adivinhasse quem era, a primeira pessoa que veio na minha mente foi o Erick, então eu disse:
- Erick?
Mas uma voz suave, sussurrou no meu ouvido:
- Não...
Senti um arrepio e o empurrei, olhei para trás e vi que era aquele menino por quem tinha me apaixonado, então perguntei pra ele:
- Como é que você queria que eu adivinhasse, se eu nem se quer sei o seu nome? - Então ele deu uma risada e respondeu:
- Eu só estava querendo me diverti... Me desculpe... Meu nome é Joe.


VEJA TAMBÉM:
 CAP.1

Dia-a-Dia de Bob'os - New

Olá! Meu nome é Robson, mas todos me chamam de Bob'os (Aliás não sei o porque do "os"). Vocês irão saber mais um pouco do meu dia-a-dia a partir de hoje...

Bom, todos os dias eu tenho que acordar 6:10 da manhã, para ir para escola. Odeio escola acordar cedo! Tenho uma irmã de 14 anos (é ela o motivo de acordar cedo, não sei porque mulher demora tanto para se arrumar), minha escola é apenas uma quadra da minha casa, mas mesmo assim chego quase todo dia atrasado (esqueci de mencionar que eu tenho 16 anos e faço o 2ª do Ensino Médio). Sou um dos melhor alunos da escola mentira!, e sou também muito popular mentira denovo! Isto é um pouco sobre mim.

Agora vamos ao meu dia de hoje.

Terça-feira 14 de Setembro de 2010
Hoje aconteceu algo inexplicável, faltando 15 minutos para 7 horas da manhã, minha irmã já estava pronta pra irmos para escola, eu não entendi o porque isso aconteceu, mas eu gostei dela ter feito isso. Mas mesmo assim fui para escola de mau humor, porque as duas primeiras aulas eram de Espanhol (Eu odeio espanhol), mas fazer o quê, né? Tive que aguentar! Quando entrei na minha sala de aula recebi uma notícia maravilhosa, o professor de Espanhol não foi para escola, meu dia já tinha começado bom (menos duas aulas para mim), depois das duas aulas de Espanhol era duas de Ed. Física, e eu não tinha levado umas imagens para um trabalho que era para entregar hoje, e adivinhem o que aconteceu? O professor de Ed. Física também faltou!
Não sei o que estava acontecendo com os professores hoje, mas eu gostei! Então tive apenas uma aula de Matématica (Nessa matéria eu sou o melhor da turma) e de Geografia. Minha turma ia sair da escola 8:40hs, mas eu não fui embora, uns amigos meu do 9° Ano pediu para que eu os ajudasse à passar uns avisos nas outras quinze turmas da escola, então fui com eles dar os avisos, quando terminamos já estava para começar a terceira aula e eu tinha que ir embora, mas não queria ir porque eu amo a escola ← Isso é verdade! Então fui para sala da minha irmã e ela estava tendo aula de Inglês, pedi para professora deixar eu assistir aula lá, ela deixou eu ficar, pois sou ótimo em English. Aí eu fui ensinar umas amigas da minha irmã a cantar uma música em inglês, depois disso chegou uma menina em mim querendo que eu ensinasse a matéria de inglês para ela (saquei na hora que ela estava querendo outra coisa de mim), mas não me importei e fui ensiná-la, depois de alguns minutos o coordenador da escola chegou lá na sala e falou para eu ir embora que eu estava atrapalhando a aula, mas a professora falou que eu não estava, e as meninas falaram para eu ficar para ensiná-las, aí o coordenador falou pra eu ir embora porque as meninas estavam muito assanhadas, e falou que se elas quisessem aulas, para ir na minha casa mais tarde "adorei a ideia". Tive que ir embora, chegue em casa não tinha nada para fazer fui assistir Tv, adoro Zack e Cold, mais tarde fui para aula de música é só para distrair. Quando voltei para casa, fui navegar na net, comer algo, durmir, e assistir denovo. E assim terminou meu dia... Espero que tenha gostado.
Tchau! Até a próxima... Promete que vai voltar? Vou aguardar sua visita aqui denovo.

Dia-a-dia de Bob'os é uma super produção de:
Adas Produções

Criado por:
Adas Produções

Elenco:
Bob'os - Allan David

Dirigido por:
Adas Prodcuções  

Co-Produtor:
Adas Produções

Arte e Design:
Adas Prodcuções

Patrocínio:
A das Produções
Big-big o big que é big
Cola com Coca: ou bebe ou cola
Catchup de Pepino - Sempre inovando

Agradecimentos:
Eu
Tu
Ele/Ela
Nós
Vós
Eles / Elas

O Diário de Duda - Se Apaixonando Por Joe - Cap. 1



Meu querido diário, meu companheiro de todas as horas, sei que faz muito tempo que não escrevo em você, mas preciso desabafar, contar algo que comigo aconteceu há algum tempo, algo que eu não consigo esquecer... Então lá vai! Tenho um namorado lindo, mas estou apaixonada pelo primo dele que se chama Joe, ele tem cabelos ruivos, olhos verdes, a pele dele é tão macia, brilhante... Mas infelizmente ele é gay, isso mesmo GAY, e os lances com ele não deram muito certo... Bem, mas vou te contar a história lá do começo para que você entenda...
            Era o terceiro dia de aula, tinha eu 15 anos quando o avistei, ele estudava na sala em frente à minha, estava parado à porta me encarando, quando eu resolvi ir falar com ele, (sei que esse meu jeito atirada muitas vezes me complica) o meu namorado Erick chegou e me deu um beijo e um “Bom dia!”, então entrei pra sala sem olhar pra trás. Porém eu não conseguia me concentrar na aula, não parava de pensar naquele menino, estava louca para saber o nome dele... Então o Erick me perguntou:
            - Ei, o que você tem? Tá tão calada e pensativa... Por acaso eu fiz alguma coisa?
            - Não é nada não... É que eu... Esquece tá bom! Faz aí a sua tarefa.
Eu não quis falar nada, entende? Erick e eu éramos amigos de infância e começamos a namorar quando fazíamos o 8º ano, e eu ainda não tinha certeza do que eu estava sentindo naquele momento, é que aquele menino não saia da minha cabeça, eu nunca tinha sentido tal sentimento por outro menino na minha vida... Isso seria então “amor à primeira vista”? 
Continua.... 
Escrito Por: Maylane

Meu primeiro AMOR


Nada como um beijo doce
Ainda me lembro como se fosse hoje
Era uma noite de quinta
O dia em que beijei a menina mais bonita
Eramos apenas crianças
Mas quando penso naquele momento, tento voltar à minha infância
Seus lindo olhos claros
Olhando para meus lábios calados
Ela tinha lindos cabelos loiros
E uma beleza que me deixava louco
Eu era timido e ela também
Estava querendo fazer algo e ela também
Eu ainda nem tinha beijado ela
Mas já imaginava como seria viver ao lado dela
Depois de muito tempo parado
Decidi beijar seus lábios
Nesse exato momento meu mundo se transformava
Era por aquela menina que meu coração se apaixonava
Passamos muito tempo de felicidade
Mas eu fiz coisas erradas
E tudo se foi, ela não queria minha amizade
Eu amava muito ela
E queria muito viver ao lado dela
Comigo ela parou de falar
E para longe de minha casa ela teve que se mudar
Passado muitos anos ela volta
E meus sentimentos por ela se renova
Ela voltou a ser o que era quando nos conhecemos
E lembrei de tudo o que juntos vivemos
Hoje tenho medo de falar o que sinto
Na verdade estou preso em um amor infinito
Mas acretido que podemos voltar
Basta meu amor por ela eu declarar
E tudo voltará a ser como deveria até hoje estar...

Autor: Allan David

"O Ciclista"

Hoje dia 1 de Setembro, a Adas Produções lança sua primeira "Super produção idiota", a primeira de muitas produções realizadas pela Adas Produções... É um super vídeo que conta uma triste história de um ciclista. Enjoy!




Comentem sobre o vídeo... E espere por mais... Em breve terá mais!

PESQUISA

Carregando...

Seguidores

Vale a pena o Click!

Tecnologia do Blogger.