O Diário de Duda - A Verdade Sobre Joe - Cap. 3


- Se divertir? - Perguntei meio confusa.
- Ei, não me leve à mal! Não tenho interesse algum em você...
- Ham? Por quê? - Não era aquilo que eu queria ouvir, naquele instante, eu queria chorar, então ele me olhou com espanto e me respondeu:
- É-é-é-é que e-e-eu, eu so-so-sou...
 Aquilo tava me irritando ele estava enrolando demais, então ele respirou fundo, e disse de uma vez:
- É que eu sou gay! Pronto falei! - Sinceramente, não acreditei, ele era lindo demais para ser gay... Oh! O mundo é tão cruel.
- O quê!? Não. Jura?
- Ei, dá pra falar baixo? É que, tipo assim, eu ainda não "sai do armário" como diz o povo... Por favor, me promente uma coisa?
- O quê?
- Promete que não vai contar pra ninguém!?
Eu me senti tão importante, por guardar um segredo dele e ao mesmo tempo confusa me perguntando por quê ele contaria esse segredo tão delicado pra mim... Então respondi:
- Tudo bem, pode ficar tranquilo, a minha boca é um "túmulo"!
Naquele instante, eu queria sumir, cavar um buraco e enviar minha cabeça lá dentro, o Joe começou a falar de um jeito diferente, um jeito "menina" de conversar, e, em pouco tempo já éramos amigos, ou seria "amigas"?
Mas, quanto mais a gente conversava, mais eu me apaixonava por ele... Ah! Aquele sorriso... Infelizmente a conversa acabou com a chegada do Erick, ele me deu um "Oi" e um beijo bem sem graça, e foi logo puxando assunto com o Joe. Logo o Joe estava falando como menino...
Eu fiquei ali parada, só escutando... Mas a conversa deles estava muito entediante, então me despedi do Joe, e entrei pra sala.
Eu estava pensando comigo mesma "O Joe tem que ser meu, tenho que fazer ele virar homem, mas como? Como eu fasso isso? Tenho que elaborar uns planos, mas, com calma, num lugar bem tranquilo, tem que ser nos mínimos detalhes..." Eu não estava mais nem aí pro Erick, naquele instante eu só queria saber do Joe, era só ele que me interessava, na minha cabeça, parecia que só o Joe me faria feliz... Não via a hora de chegar em casa, e começar toda a minha trama...

VEJA TAMBÉM:
CAP.2 - CAP.1

7 comentários:

Nicelle Almeida disse...

Nossa, que corajosa, viu! Fazer ele virar homem, imagino que n seja uma terafa tão fácil. Mas, cada um sabe o que faz, né? hehehehehe
Um forte abraço.
Me visita tb: www.nicellealmeida.blogspot.com

perplife disse...

Concordo com a Nicelle: fazer ele virar homem. Ela é decidida! Quero ver qual trama que será. Além do mais, ele vira menina com ela, quero ver se essa menina vai virar menino...com ela.
Estou gostando muito da história.
Abraço
perplife.blogspot.com

Dam. disse...

Sempre que vemos um homem bonito gay, pensamos o quanto o mundo é cruel rsrsr a Historia me lembrou um pouco malhação a obceção dela pelo probre Joe o coitado pode nem ser gay em paz kkk Mais adorei é bem humorada.

Nicelle Almeida disse...

Muito boa a história. Continuo acompanhando para saber o final =)

Rogerio disse...

peguei a storia andando..vou ler os outros para ficar por dentro...mas gostei dessa parte...

Nicelle Almeida disse...

Ótimo final de semana pra vc! =)
www.nicellealmeida.blogspot.com

Lucas disse...

É, pelo visto o Erick não compareceu direito né hehe
Eu acho que o Joe no fundo deve sentir alguma coisa por ela também, afinal, ele não contaria um segredo desses pra alguém que ele acabou de conhecer, a não ser eu acho se rolasse algum sentimento a mais...
Mas confesso que sinto pena do Erick! heheh
Vou seguir o blog pra acompanhar a história!

Lucas
http://palavraaovivo.blogspot.com/

PESQUISA

Carregando...

Seguidores

Vale a pena o Click!

Tecnologia do Blogger.