A Casa Monstro - Cap. 2


Quando meu irmão viu a casa, ele disse que eu realmente estava louco. Eu não estava entendendo o que estava acontecendo, pois há um momento atrás aquele lugar era muito assustador, e de repente mudou totalmente.
Eu e meu irmão fomos embora, e quando eu cheguei à minha casa eu decidi procurar respostas para aquilo. Rodei a cidade inteira, perguntei para várias pessoas, mas todos falavam que não tinha nada de errado naquele lugar. Já estava cansado de tanto andar e não ter nenhuma resposta, então decidi eu mesmo ir até a casa eu saber por que aquilo estava acontecendo. Esperei anoitecer para eu ir até lá, quando anoiteceu peguei minha mochila, e fui até lá, e quando cheguei a frente a casa, a porta se abriu sozinha, aquilo começou me assustar, mas eu queria ir até o fim, e entrei naquele lugar assustador, quando olhei lá dentro me impressionei com o tamanho, até pensei que eu poderia me perder. Comecei observar a casa por dentro e ela não parecia tão assustadora, e pensei que poderia ser um lugar tranqüilo. Mas quando eu ia embora, de repente tudo ficou diferente, apareceram umas coisas estranhas e eu estava ouvindo umas vozes assustadoras, eu saí correndo para a porta, mas não conseguia encontrar, e a cada minuto que passava, ficava mais assustador e eu não ia ficar ali parado. No momento só pensei em correr e correr, mas quanto mais eu corria maior ficava a casa, parecia um labirinto sem saída, entrei na primeira porta que apareceu na minha frente, dei de cara com um quarto todo bagunçado cheio de sangue nas paredes, ali eu não queria ficar e quando eu olhei para trás, a porta sumiu. Eu estava sozinho naquele quarto, pelo menos eu achava que estava sozinho, a única coisa que eu queria era sair logo daquele lugar, mas não tinha como, pois naquele quarto não tinha nem porta nem janelas, procurei algo que pudesse me tirar de lá...
Continua...
Escrito por: Allan David | @Allanadas

8 comentários:

Isabela Cruzeiro disse...

Vc escreve muito bem, adoro historias de terror. *--*

Esperando o proximo capitulo :D

Pobre esponja disse...

Estou seguindo vc, amigo. Preciso ler a outra parte.

abç
Pobre Esponja

Canto do Lufa disse...

Nossa angustiante

Gui disse...

Não li a primeira parte, estou meio perdido, mas curti o post... =)

Francisco Saldanha disse...

Fiquei com medo.

Bruno Costa disse...

O conteúdo pode ser interessante, mas em alguns momentos foi desatencioso com a escrita e esqueceu algumas palavras ou redundou em outros momentos. Acho que poderia melhorar, já que o mistério aparece.

LADY D. A. disse...

Ahuahuah a dudinha tá mal-carárter, e só ele não percebeu, meninas sempre confundindo a cabeça dos homens

PENHA''' disse...

nossa que tenso :c ,
também não li a primeira parte,
mas mesmo assim achei muito triste,
angustiante +1

Seguidores

Vale a pena o Click!

Tecnologia do Blogger.