A Casa Monstro - Cap. 1


Depois de tanto mudar de cidade, finalmente minha família encontrou um lugar que iríamos morar de verdade, eu já não aguentava mais, de tanto me mudar eu não tinha amigos e ninguém para conversar além do meu irmão mais velho, eu estava tão feliz, pois depois de tanto tempo eu iria poder ter amigos de verdade.
Quando chegamos na nova casa, notei que tinha algo estranho naquele lugar, a rua estava deserta, todas as casas estavam com as janelas e as portas fechadas, achei aquilo muito estranho, mas não era motivo para me preocupar. Depois de uma semana no novo endereço comecei a me preocupar, ainda não tinha visto ninguém naquela rua, pensei comigo mesmo: "Será que não mora ninguém por aqui". Mesmo achando que não morava ninguém naquela rua, decidi procurar saber o porquê daquilo. Então peguei minha bicicleta eu saí em busca de respostas, logo que passei da cerca da minha casa notei um detalhe muito esquisito, a rua não tinha nome, aquilo começou a me assustar, "como uma rua não tem nome?". Fui procurar mais respostas, e quando cheguei no final da rua, dei de cara com uma casa muito assustadora, era uma casa grande, com um jardim muito estranho, as janelas estavam quebradas, as portas abertas e o que mais me chamava atenção era uns barulho estranho que vinha daquela casa, quando tentei me aproximar da casa, algo me puxou para dentro da casa, eu me livrei daquela coisa, eu olhei para os lados, mas não vi ninguém, fiquei com muito medo e saí correndo para casa.
Quando cheguei em casa meu irmão me viu assustado e perguntou o que tinha acontecido, eu respondi: "Não vai acreditar o que aconteceu, eu fui até o final da rua e encontrei uma casa muito estranha, eu acho que ela é assombrada". Meu irmão começou a dar risadas e falou que eu estava ficando louco, então eu falei para ele ir lá ver pessoalmente a casa, ele me disse que ia me provar que eu estava mesmo louco. Novamente eu fui à casa, mas desta vez com meu irmão, e quando chegamos lá, a casa estava totalmente diferente...
Continua...
Escrito Por: Allan David

8 comentários:

PerpLife disse...

Talvez estar sozinho todo o tempo tenha deixado o garoto louco. Ou talvez tenha algo de sobrenatural na casa. Quem sabe? Espero a continução.
Abraço
perplife.blogspot.com

Victor Pagani disse...

Gostei e estarei esperando a continuação. Vi que usou um dos templates disponibilizado ;)

[]'s

Fernando disse...

O que nos espera nos próximos capítulos?
Suspense, terror...comédia?

abs,
Fernando Piovezam
seuanonimo.blogspot.com

Nicelle Almeida disse...

Tb quero saber o que virá!!! Que loucura nesta rua...eu já estaria longe dela há tempos! kkkkkkkkkkkkk
www.nicellealmeida.blogspot.com

Marcos Costa Melo disse...

Que bom quando clico no link do "comente acima" e encontro um blog criativo. Ufa!...hehe

Esperemos a continuação.

abs

' Aℓℓɑɳ ɗɑѵiɗ disse...

Fico agradecido Marcos, é sempre bom receber apoio dos visitantes!

Ankhmaya disse...

É muito bom encontrar pessoas que resolvam sair da mesmice e criar conteúdo diferenciado. Parabéns, Allan.
Então, foi inevitável, após ler o post, não lembrar do livro "A menina que roubava livros", pois ela também ia até o final de uma rua para entrar na casa mais bela e pegar alguns livros pra ler. Ok, não tem nada a ver com o teu texto, mas fez-me lembrar.

Enfim, como eu havia dito, parabéns pela iniciativa! Sei como é duro fazer isso, pois também faço a mesma coisa, estou escrevendo um livro online, disponibilizando os capítulos como posts no meu blog. Se tiver curiosidade em descobrir o que é, visite o meu blog. Aconselho a leitura de "O Escritor".

Forte abraço.

Nicelle Almeida disse...

Imagina, muito pelo contrário, fico muito feliz em saber que vc gosta do meu blog e que ele faz parte dos seus favoritos =)
Um forte abraço e espero sempre a sua visita por lá ;)
www.nicellealmeida.blogspot.com

PESQUISA

Carregando...

Seguidores

Vale a pena o Click!

Tecnologia do Blogger.