Inocência


Cadê? Cadê? Cadê a inocência?
Se perdeu pra nunca mais voltar
ela foi embora sem se despedir...
Por quê? Por que assim ela quis partir?
Me deixou aqui, aqui na solidão,
sem querer saber como eu ficaria,
como eu me sentiria.
Eu digo então como me sinto:
Triste, parece até que perdi o sentido
nada mais tem graça,
as coisas estão perdendo o brilho,
e a cada vez que penso nisso,
perco as esperanças, as esperanças de sorrir mais uma vez...

Escrito Por: Maylane

2 comentários:

Bruno Costa disse...

A inocência se vai e chegam novas cores; cabe escolher bem e misturar para ver se sai uma obra-prima. Todas vem com dor, mas muito prazer tbm. Boa sorte!

Leandro disse...

Ótimo poema

E digo mais, é uma pura verdade, a inocência hj em dia sumiu até de muitas crianças, o q era puro hj não é mais...

Abraços,

Leandro
www.emquestao.org

PESQUISA

Carregando...

Seguidores

Vale a pena o Click!

Tecnologia do Blogger.