...::♥::...


Então eu o vi sorrir, simplesmente senti como um impacto em mim, como pode ter um sorriso tão belo assim? Ai, bem que estavam certo enfim, eu me apaixono muito fácil, mas como resistir, como resistir a este fato, ele é tão legal, às vezes meio banal, quase sempre um bobinho, mas isso faz dele um tipo “garoto incrível”, oh meu Deus, agora estou presa, presa e sem defesa, num ilusório mundo fantasioso, onde ele é o único tema proposto, pareço eu maluca? Essa me parece ser a verdade, sem dúvida.
Ah, mas eu nunca consigo, nunca consigo me aproximar desse insensato menino, insensato? Talvez não, mas seu sorriso me parece puro então, então como eu não consigo ser eu mesma perto dele? Por que eu não consigo contar tudo e acabar com essa sede? Sede de tocá-lo, de abraçá-lo, que saco, estou ficando mesmo doida, com vontade de sair por aí gritando feito uma louca, de sair gritando o quanto dele estou gostando, eu realmente estou gostando, gostando sem querer, mas nem o próprio nome dele aqui eu consigo escrever, minha mão insiste em se conter, quer apenas ouvir, ouvir o nome dele que minha boca não se cansa de repetir, pois é, acho que esse texto bobo acaba por aqui, pois não faz sentido eu guardar isso só pra mim...


Escrito por: Maylane

PESQUISA

Carregando...

Seguidores

Vale a pena o Click!

Tecnologia do Blogger.